Qual é o tipo do seu chefe?




Chefe é tudo igual, certo? Errado, apesar de todos possuírem características comuns entre si, eles se diferenciam por outras características marcantes. Conhecer cada tipo de chefe pode ser uma boa dica de conviver melhor taticamente com eles, ou não... Vejam os tipos de chefes e descubram para quem vocês estão dizendo amém, quando queriam dizer vá se ferrar:

Chefes maquiavélicos: espertos, inescrupulosos, implacáveis.
Essa categoria de superior não admite que ninguém ouse entrar em seu caminho. Se isso acontecer, melhor estar preparado para o troco. Para não criar caso com esse tipo de chefe, procure estar em sintonia com aquilo que ele deseja. Mais do que evitar competição, você deve utilizar uma linguagem e um comportamento de forma a indicar que você não quer competir com o chefe e que entende e aceita seu direito de estar no topo.

Chefes masoquistas: auto-críticos, depressivos, contagiantes (no mau sentido, claro).
Hoover afirma ser fácil identificar esse tipo de profissional. Faz questão de não terminar os trabalhos e prefere liderar o departamento rumo ao fracasso. Seu chefe age assim? Então, de acordo com o livro, desligue-se o quanto antes. Ou, se não puder deixar o emprego, não se deixe influenciar pelo pessimismo vindo dele. Meu conselho: saia antes que você se machuque em uma armadilha de urso que ele colocou no escritório para prender o próprio pé.

Chefes sádicos: extremamente críticos, perseguidores, cruéis.
Não tente enfrentá-lo, ele o combaterá; não tente mudar de departamento, ele o perseguirá; não demonstre prazer no trabalho, ele irá incumbi-lo de cada vez mais tarefas. Talvez o mais temível de todos os chefes, o sádico é aquela pessoa que, por ter sofrido muito anteriormente, passa a ter prazer em proporcionar o sofrimento alheio. Por isso, uma das técnicas para lidar com esse tipo é demonstrar descontentamento com a carreira. Isso não significa que você não possa ser animado e positivo quando estiver fora da órbita do sádico. Ser positivo e animado vai aumentar a possibilidade de alguém recrutá-lo e levá-lo para longe do chefe sádico.

Chefes paranóicos: acham que todos estão contra eles, falta de foco na realidade, ansiosos e inseguros.
Seja mais do que eficiente. O chefe paranóico adora inventar possíveis conspirações contra ele e, mantendo-o constantemente atarefado, você impede que ele lhe faça mal. Outra dica é deixá-lo sempre a par dos acontecimentos e do seu cotidiano. Isso vai reduzir seu nível de ansiedade; ele sabe que a informação compartilhada com uma população maior reduz a probabilidade de uma conspiração em massa.

Chefes deuses: egocêntricos, pouca noção da realidade, sabe-tudo.
Não contrarie um chefe deus. Se ele se acha o máximo, não discorde. Em essência, esse tipo de superior age dessa maneira por mera insegurança. Para driblar possíveis conflitos, não bata de frente com ele e saiba ceder pequenos embates. Perca as batalhas e vença a guerra. Chefes deuses têm a ver com poder, porque o poder esconde a incompetência. Com uma postura flexível, você conseguirá trazer os pés do chefe de volta ao chão.

Chefes camaradas: compreensivos (até demais), carentes, pegajosos, porém, maleáveis.
Quer que você seja mais do que um simples subordinado; quer que vocês sejam amigos. Se você aceitar trocar tarefas por horas de conversa fiada, este é o chefe ideal, Mas se, ao contrário, você desejar cumprir com suas funções, tenha jogo de cintura e imponha certos limites. Se cada vez que ele solicitar seu tempo você estabelecer um limite, a tendência é que ele não o interrompa mais quando tiver a intenção de prolongar a conversa.

Bons chefes: justos, tolerantes, conscientes.
Tem um chefe assim? Então, aproveite, pois muitos gostariam de estar em seu lugar.

Chefe idiota: sem-noção, alheio às situações ao ser redor, insano.
 Nem todo chefe é um idiota e nem todo idiota é chefe. O melhor que você pode fazer é se preparar para lidar com o que surgir em seu caminho.

Viram só, chefe não é tudo igual, já achou o seu aí no meio???

Fonte: Como Trabalhar Para Um Idiota de John Hoover, um verdadeiro livro de auto ajuda.



2 comentários:

Luísa on 23 novembro, 2009 disse...

Amigo,
O meu está entre o deus e o idiota! Acreditas?!... Não? Mas é verdade! ahahahahah

Beijos
Luísa

Suportar o chefe... on 24 novembro, 2009 disse...

Gostei Muito do post, o melhor mesmo é ser o próprio chefe, mas enquanto isso não acontece tentemos suporta-lo.

Abraço!!

Postar um comentário

Faça um alterado feliz, expresse sua opinião... porém:
1º os comentário são moderados (vá que um dia a minha mãe visite o blog e não goste dos elogios dirigidos a ela);

2º não use de miguxês e nem de palavras de baixo calão (até eu tenho limites);
3º faça comentários relacionados ao assunto do post (terra chamando, terra chamando, se situe !);

4º se quiseres trocar experiências pessoais a respeito do tema em questão , sinta-se a vontade ,só não me traga problemas.

 

Seguidores

Conexões

Passaram por aqui

Custom UsuárioCompulsivo
Widget BlogBlogs

ALTERADOS E SEQUELADOS Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran | Featured Post By Free Blogger Template