Susan Boyle : mais do que um talento!


De bruxa mal amada e carente de sexo ,esta senhorinha foi transformada em ídolo mundial num programa de reality show britânico em ícone pop mundial !

Sim prezados , estou falando de Susan Boyle, sabe aquela que todos não davam um prato de feijão na primeira vez que ela apareceu na frente de ardilosos e debochados jurados ! Mas foi só ela abrir a boca ... e pronto lágrimas e empolgação tomaram conta de todos e grande parte do intelectulóides de plantão , proclamaram : Eu sempre gostei de I dreamed a dream !

Mas eu não vou me ater a contar toda a trajetória de Susan , pois todos sabem quem ela perdeu para um grupo esquisito de dança , e que agora , ela arca com preço de ter desafiado seus próprios limites .

Quero dizer , que em todo lugar do mundo existe uma Susan Boyle, e concorde comigo que você tem uma vizinha ou uma tia velha solteirona que lembra a Susan, só que em vez de cantar sucessos da Broadway , ela resmunga ou solta arrotos e gases !Na rua onde moro tem pelo menos umas 3 .Será que me mudei para o inferno??. Mas quantos de nós não guardamos internamente uma Susan, que nunca beijou, nunca ousou amar com tesão , nunca desafiou o medo de ouvir piadinhas e deu cara para bater ? Achar graça é fácil, julgar um pouco mais e rir da limitação que a vida dá aos nossos semelhantes , é mais fácil ainda , difícil é olhar no espelho e ver que somos encalhados em nossas próprias limitações !

Tá bom , não vá pelo amor de Deus sair por ai cantando que você sonhou um sonho num tempo que já se foi, de quando as esperanças eram elevadas e valia a pena viver, que o amor nunca morreria e que Deus estaria te perdoando !Por favor !!!Mas enfrente a sua Susan Boyle diariamente e não julgue seu semelhante , talvez você esteja olhando para o espelho, ele só esta virado para o outro lado , mas ainda é um espelho!


2 comentários:

Luísa on 12 junho, 2009 disse...

Amigo Alterado,

O teu texto é bom para reflectirmos. Primeiro se devemos ou não fazer juízos de valor acerca dos nossos semelhantes, depois, olharmos para dentro de nós e perceber se já ousamos arriscar, se já enfrentamos os nossos medos e paranóias...

Abraços
Luísa

Wander Veroni on 13 junho, 2009 disse...

Oi, Ricardo!

Muito legal o seu texto! Creio que todos nós já tivemos um lado "patinho feio" que merece ser desabrochado. A Susan é um exemplo de talento, perseverança e que não devemos julgar um livro pela capa.

Abraço

Postar um comentário

Faça um alterado feliz, expresse sua opinião... porém:
1º os comentário são moderados (vá que um dia a minha mãe visite o blog e não goste dos elogios dirigidos a ela);

2º não use de miguxês e nem de palavras de baixo calão (até eu tenho limites);
3º faça comentários relacionados ao assunto do post (terra chamando, terra chamando, se situe !);

4º se quiseres trocar experiências pessoais a respeito do tema em questão , sinta-se a vontade ,só não me traga problemas.

 

Seguidores

Conexões

Passaram por aqui

Custom UsuárioCompulsivo
Widget BlogBlogs

ALTERADOS E SEQUELADOS Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran | Featured Post By Free Blogger Template