Respeito Virtual...Será possível ?

Esta semana ao ler um post em um blog , vi que um usuário dava réplicas a todos comentários com palavras de baixo calão e com os mais variados insultos .Qual será a graça que este babaca via nisto ?Expor online o quão chulo um ser humano consegue ser ?
Cada vez mais clamamos por mais ética e por uma postura nova nas relações virtuais .Penso que o principal a ser buscado agora é o respeito , mas será isto possível num universo em que perversos se escondem atrás de nicknames e perfis falsos ?
Comentei com uma amiga o epsódio e ela enviou-me este texto que compartilho agora com vocês :

por Augusta Schimidt
Começo dizendo que construir é possível... Respeitar é dever...

“O homem é o lobo do homem", dizia o poeta romano Plauto. Tal visão negativa e realista da natureza humana parece ter sido confirmada, em seus detalhes, pela sociedade moderna.
Observando com cautela o comportamento das pessoas e suas atitudes no mundo virtual, preocupa-me a instabilidade, a ausência de propósitos, a fragilidade das personalidades, ante questões diversas que lhes são impostas. As pessoas parecem tomadas por um senso de urgência, um imediatismo subserviente, através dos quais manifestam-se em defesa de interesses de curto prazo, pontuados isoladamente e localmente, como se estivessem desconectadas do mundo.
Há uma inversão de valores, de ética, de moral, de caráter. As pessoas deixam de Ser o que sempre foram e passam a Estar o que lhes convém.

Caráter é aquilo que fazemos quando ninguém está olhando. É nossa particularidade, nossa maior intimidade, nosso segredo mais bem guardado. É nosso maior companheiro, nossa maior paixão e, às vezes, nosso maior fantasma.
O caráter testa-se em pequenas coisas. Num olhar, num gesto, numa palavra.

As realidades sociais são compostas por regras, que se estenderam também ao convívio virtual. Ao menos assim deveria ser.

Entende-se por estas regras os Direitos e os Deveres .

É muito fácil sem duvida, nos dias de hoje, conhecermos nossos direitos, pois estão a um clique de nossos olhos já que o mundo se informatizou.
E conhecedores de nossos direitos, acobertados pela “democracia”, acabamos entrando nas vidas de nossos companheiros virtuais, nos esquecendo de que temos também Deveres e que estes é que asseguram ao outro o direito de ter Direitos.

Acredito que as adversidades além de fortalecerem o caráter, também o revelam.
Somos responsáveis por aquilo que fazemos, o que não fazemos e o que impedimos de fazer.
Atitudes insensatas são freqüentes no mundo virtual. Julgamentos, atitudes de poder e posse, paixões, rancores. Estas não mais me surpreendem.
Surpresa fico quando encontro pessoas elegantes, sensíveis, carinhosas e ternas, que exatamente estão no lugar certo, na hora certa, para com uma mensagem, uma poesia, uma palavra amiga, nos aliviar o coração das tensões do dia a dia.
Haveria sim o respeito virtual se fossemos todos solidários, se nossas idéias e opiniões pudessem ser divulgadas ajudando as pessoas a refletirem e escolher o que mais lhe convém.
Haveria sim o respeito virtual se fossemos capazes de criar opções que nos levassem à satisfação, mas sempre tendo consciência da importância dos desejos das pessoas que estão a nossa volta.


Campinas/24/01/09
Opine sobre este assunto .
Abraços

4 comentários:

EAD on 24 janeiro, 2009 disse...

Texto muito bom e a sua indignação é partilhada por mim.

André on 24 janeiro, 2009 disse...

na real/sem nhenhenhe/se alguem me manda tomar no C* eu ignoro/nao vejo sentido em replica/acabou-cartao vermelho para a figura e morreu a historia/nao se alimenta discussoes e viadagens/essa é minha opiniao/ignorar - existe pior castigo que ser ignorado?

Marcelo on 25 janeiro, 2009 disse...

No meu blogue, não admito ofensa de nenhuma natureza nem a mim, nem a alguém que poste, nem a alguém que comente. Modero mesmo, recuso todo tipo de comentário que considero agressivo, racista ou impertinente. As pessoas têm o democrático direito de dizer o que querem e como querem e eu exerço o meu direito pleno de dizer que no meu espaço não há espaço para ela.
As frustrações de cada um devem ser tratadas e não incentivadas.
Um abraço

Marcelo

P.S.: Os comentários sobre os quais não tenho controle no DiHITT eu simplesmente ignoro. E como um colega disse "o desprezo é a mais cruel das respostas"

blogdocatarino.com on 26 janeiro, 2009 disse...

É sempre muito desagradável quando nos deixam comentários de baixo calão. Têm gente que por falta do que fazer ficam mandando essas mensagens.

Postar um comentário

Faça um alterado feliz, expresse sua opinião... porém:
1º os comentário são moderados (vá que um dia a minha mãe visite o blog e não goste dos elogios dirigidos a ela);

2º não use de miguxês e nem de palavras de baixo calão (até eu tenho limites);
3º faça comentários relacionados ao assunto do post (terra chamando, terra chamando, se situe !);

4º se quiseres trocar experiências pessoais a respeito do tema em questão , sinta-se a vontade ,só não me traga problemas.

 

Seguidores

Conexões

Passaram por aqui

Custom UsuárioCompulsivo
Widget BlogBlogs

ALTERADOS E SEQUELADOS Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran | Featured Post By Free Blogger Template